Copa do Brasil

Adversário do Inter está na zona de rebaixamento da A2 Paulista e pode poupar jogadores no Beira-Rio

Oeste trocou de treinador, passa por crise, e fará três jogos em sete dias

Por Leandro Behs
17/02/2017 - 13h56min
Compartilhar:
Foto: Ricardo Duarte,Inter / divulgação

Depois do Princesa do Solimões, o Oeste. A Copa do Brasil para o Inter ainda não apresenta grande dificuldade. Com o jogo marcado para o dia 22, no Beira-Rio, Inter e Oeste enfrentarão uma minimaratona de jogos na semana. Os paulistas, porém, poderão poupar jogadores em Porto Alegre, uma vez que o time de Itápolis, mas que joga em Barueri, cidade localizada a 400 quilômetros de distância da sede do clube, ocupa a zona de rebaixamento da segunda divisão paulista.

Publicidade

— Nosso time foi remontado agora. Do ano passado, permaneceu apenas o Fábio, nosso goleiro reserva. Ainda não deu liga, estamos mal na A2, e já precisamos trocar o técnico — disse Mauro Guerra, diretor de futebol do Oeste, lembrando que Vilson Taddei (ex-jogador do Grêmio) foi demitido e o gaúcho Roberto Cavalo foi contratado para treinar a equipe.

Leia mais:
Inter confirma contratação do atacante William Pottker
Leonardo Oliveira: quem é Harry Pottker?
Zago vê pênalti para o Princesa do Solimões no confronto com o Inter: "Lógico que foi, vi na televisão"

Em cinco jogos na Série A2 Paulista, o Oeste soma uma vitória, dois empates e duas derrotas. Seis times serão rebaixados à A3.

— Temos apenas 22 jogadores no plantel. Nesse domingo, jogaremos contra o Batatais, na quarta-feira, em Porto Alegre, e no sábado, em Votuporanga. É possível que não tenhamos time completo na Copa do Brasil. Até porque a nossa prioridade é o Paulista. Na Copa do Brasil, passamos pelo Friburguense, mas, se escaparmos do cachorro, vem o caçador e toca fogo na gente — brincou Guerra.

Com um elenco modesto e folha salarial que chega a somente 10% do investimento mensal do Inter no futebol (que é de R$ 6 milhões), os jogadores mais conhecidos do Oeste são o meia Mazinho (apelidado de Messi Black, quando foi contratado pelo Palmeiras, anos atrás, devido às firulas com a bola) e o atacante Robert (outro ex-Palmeiras).

— Não acredito que o Inter corra riscos, ainda que o time de Zago esteja em formação. Não vejo que seja um time para assustar o Inter no Beira-Rio. É preciso cuidado com o meia Da Matta, que chuta bem de fora da área, e com o centroavante Tiago Adan, um grandalhão, que se posiciona bem na área. Mas o Oeste vai mal na A2 e com a troca de treinador ainda vai mudar a maneira como vinha atuando — afirmou o Luiz Ademar, comentarista do Sportv para as séries A1 e A2 do Campeonato Paulista.

Além de uma crise técnica o Oeste vive uma crise administrativa. Desde 2015, o clube deixou a cidade de Itápolis porque o Estádio Municipal dos Amaros ficou sem manutenção e não teve renovados os alvarás de liberação, da prefeitura e dos bombeiros. Sem lugar para jogar, o clube firmou uma parceria com o Audax, de Osasco, e passou a atuar lá. A parceria foi desfeita no ano passado, quando o Oeste se juntou à prefeitura de Barueri, a fim de utilizar toda a estrutura do extinto Grêmio Barueri. Na Série B do ano passado, o Oeste escapou do descenso somente na última rodada, ao vencer o Náutico. 

Inter e Oeste se encontrarão três vezes em 2017. Depois da Copa do Brasil, eles se cruzarão novamente na Série B.

— Montamos um elenco com jogadores de todas as regiões, mas para a disputa da As Paulista. Para o segundo semestre, virão reforços, ainda que o nosso objetivo seja apenas permanecer na Série B. Já o Inter vai passear na segunda divisão. Vamos sonhar na Copa do Brasil. Mas não temos a menor condição de competir com o Inter na Série B — finalizou Mauro Guerra.

O time base do Oeste é formado por:

Rodolfo; Reginaldo, João Victor, Garutti e Jeanzinho; Bruno, Lídio, Da Matta e Mazinho; Robert e Erick Luis (ou Tiago Adan).

Nessa segunda fase da Copa do Brasil, Inter e Oeste ocorrerá em jogo único. Porém, em caso de empate, a vaga será decidida nos pênaltis.  

O 2017 do Oeste

Guarani 2x1 Oeste

Oeste 2x2 Taubaté

Oeste 3x0 União Barbarense

Penapolense 1x0 Oeste

Oeste 1x1 Capivariano 

Friburguense 0x1 Oeste (Copa do Brasil)

* ZH ESPORTES

Compartilhar:

Publicidade