Operação

Técnico que exigia sexo em troca de titularidade é preso na Itália

Árbitro e outro treinador também são acusados de oferecer relações sexuais

Por ZH Esportes
20/03/2017 - 20h10min
Compartilhar:

Dois treinadores e um árbitro de futebol foram presos nesta segunda-feira em uma operação realizada pela polícia de Turim, na Itália. Segundo informações da Agência Ansa, o trio é acusado de oferecer relações sexuais em troca de uma vaga como titular em um time cujo nome não foi revelado.

Publicidade

A ação, de acordo com a Ansa, foi iniciada há cerca de um ano quando pais de um garoto de 16 anos denunciaram que o filho havia sofrido agressão sexual. As informações dão conta de que um treinador de 20 anos havia convidado o adolescente para visitar sua casa depois de um treinamento. Na ocasião, o profissional tentou ter relações sexuais com o garoto.

Leia mais:
Galvão Bueno vai narrar partida do game LoL no "Bem, Amigos" desta segunda
Com lesão muscular, Zabaleta é cortado da seleção argentina
Bundesliga mostra preocupação com supremacia do Bayern de Munique

O outro técnico, de 50 anos, teria também incentivado o colega de profissão, 30 anos mais jovem, a colecionar pornografia infantil. Por sua vez, o árbitro estaria sendo investigado por oferecer "massagens revigorantes".

Autoridades confirmam que já foram identificadas 15 vítimas. Os acusados estão em prisão domiciliar e proibidos de usar meios de comunicação de qualquer forma.

*ZHESPORTES

Compartilhar:

Publicidade