Trajeto entre Guaíba e Porto Alegre

Insegurança e problemas na pavimentação levam empresa a cancelar linha de ônibus em Guaíba 

Rota que passava pela Estrada do Conde foi desativada e deslocamento entre Guaíba e Porto Alegre vai ficar mais caro 

Por Bibiana Dihl
11/08/2017 - 18h04min
Compartilhar:

A partir de segunda-feira, quem se deslocava de ônibus entre Guaíba e Porto Alegre pela Estrada do Conde não terá mais essa opção. A empresa Expresso Rio Guaíba decidiu retirar de circulação a linha L131C – Troncal Porto Alegre – Fátima via Av. Farrapos/Estrada do Conde devido às más condições de pavimentação da via e à insegurança na região.

Publicidade

— A estrada é muito perigosa, mal sinalizada. Não há paradas de ônibus, e os veículos tem que parar no estacionamento. A pavimentação é péssima e o asfalto é precário. Além disso, já tivemos diversos assaltos à linha — explica o diretor da Expresso Rio Guaíba, Gerson Piccoli.

A empresa argumenta também que, pela Estrada do Conde, os novos ônibus articulados, que comportam maior número de pessoas, não podem ser utilizados. A linha já estava saindo de circulação aos poucos: não funcionava mais aos sábados e domingos.

A partir de segunda-feira (11), todos os horários do trajeto pela Estrada do Conde serão transferidos para a linha L131E, que faz o trajeto pela BR-116. São 60 horários por dia que fazem o trajeto entre Guaíba e Porto Alegre (veja detalhes abaixo). O deslocamento, no entanto, vai ficar mais caro: quem usava a L131C pagava R$ 5,95 e, agora, vai ter de pagar o valor da outra linha, de R$ 6,30, por conta do pedágio.

Piccoli garante que os moradores não serão prejudicados. Quem mora em Eldorado do Sul tem linhas diretas até Porto Alegre. Quem mora no Parque 35, em Guaíba, poderá pegar outro ônibus, sem custo adicional, para conseguir utilizar a linha direta até a Capital.

A prefeitura de Guaíba afirma que há um projeto de duplicação da via, incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas que nunca saiu do papel. A prefeitura está tentando fazer com que o projeto seja executado. Enquanto isso, reconhece que a estrada tem más condições e faz recapeamentos quando a situação é crítica.

Já a Secretaria de Obras de Eldorado do Sul, responsável por outro trecho da Estrada do Conde, afirma que ¿o lado de Eldorado é transitável¿, e garante que há obras permanentemente no local.

Confira as alterações nos horários:

Foto: Expresso Rio Guaíba / Divulgação
Compartilhar:

Publicidade