Para se defender

CBF contrata advogado do Barcelona para caso Victor Ramos, diz site

Julgamento na Suíça está marcado para o dia 4 de abril

Por ZH Esportes
20/03/2017 - 12h32min
Compartilhar:
Foto: Divulgação / Vitória

Está marcado para o dia 4 de abril o julgamento do caso Victor Ramos, na Suíça. O Inter, que acusa o Vitória de ter inscrito o zagueiro de forma irregular, conseguiu a antecipação a data. E a CBF, terceira parte interessada no assunto, já tem o responsável por sua defesa. De acordo com o site ESPN, o advogado Lucas Ferrer, que presta serviços ao Barcelona, trabalhará a favor do Confederação Brasileira de Futebol.

Ao fim de 2016, o Inter apresentou uma troca de e-mails em que o diretor de registros da CBF, Reynaldo Buzzoni, aparece indicando o procedimento que o Vitória deveria fazer para inscrever Victor Ramos, trâmite diferente ao que teria realizado o time da Bahia. Com a acusação da CBF de que o Inter teria falsificado as mensagens, o departamento jurídico colorado recorreu à Fifa. 

Publicidade

Relembre o caso Victor Ramos

Desde o final do ano passado, o Inter entrou na Justiça Desportiva alegando uma irregularidade na inscrição do zagueiro Victor Ramos, que foi contratado pelo Vitória junto ao Monterrey-MEX. 

Leia mais:
Ypiranga x Inter valerá título da Recopa Gaúcha
CAS atende pedido do Inter e marca audiência do Caso Victor Ramos para 4 de abril

Como estava emprestado ao Palmeiras, os clubes trataram diretamente no Brasil, sem passar pelos trâmites burocráticos internacionais previstos pela Fifa, segundo o clube gaúcho. 

Isso teria beneficiado o clube baiano a acelerar sua inscrição e ter vantagens financeiras na negociação. O caso não foi levado adiante pela Procuradoria do STJD e, portanto, nunca foi julgado.

* ZHESPORTES

Compartilhar:

Publicidade