Sequência de vitórias

Vice de futebol cita importância da regularidade para o Inter: "Campeonato de resistência"

Roberto Melo disse que manutenção da boa fase é o que definirá o futuro do Inter na Série B do Brasileirão

Por ZH Esportes
12/08/2017 - 20h01min
Compartilhar:

Publicidade

O Inter fez, neste sábado (12), o seu primeiro jogo no segundo turno da Série B. Com 18 rodadas ainda por jogar, o time está em segundo na competição, cinco pontos à frente do quinto colocado Juventude. Para o vice-presidente de futebol colorado, Roberto Melo, a regularidade é o segredo para confirmar o retorno à elite do futebol nacional.

— Falei nos momentos bons e ruins, o campeonato não é corrida de largada. É de resistência, é um campeonato de regularidade. A gente precisa manter o desempenho atual, tem margem para melhorar ainda. Tem semanas cheias para treinar, a equipe não pode se desconcentear. Não conquistamos nada ainda. A regularidade é que vai nos trazer de volta à Série A — destacou o dirigente, depois da vitória por 3 a 1 sobre o Londrina no Beira-Rio.

Leia mais:

Guto Ferreira valoriza apoio da torcida: "Jogamos com 36 mil"
Cotação ZH: veja quem foi o melhor na vitória do Inter sobre o Londrina
Diogo Olivier: há um grande responsável pela arrancada do Inter na Série B

Ainda que o Inter tenha um elenco formado basicamente por jogadores com experiência na Série A, Melo garante que o objetivo principal é garantir o acesso neste ano — e só depois disso começar a planejar a próxima temporada.

— Nosso pensamento exclusivo é atingir o objetivo principal do ano e um dos principais da história do Inter, o acesso à Série A. Isso que nos move. Evidente que, desde o início do ano, temos feito contratações. A maioria, sempre se pensa em atletas que possam estar aqui ano que vem. É um grupo qualificado. Setenta por cento, pelo menos, creio que estarão aqui, farão parte deste grupo — projetou.

O Inter chegou a 36 pontos na tabela de classificação — três a menos que o América-MG, líder da competição.

Compartilhar:

Publicidade